Sessão solene de posse da ministra Cármen Lúcia na presidência e do ministro Dias Toffoli na vice-Presidência do Supremo Tribunal Federal (STF). Em destaque, ator Miguel Falabella. Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Falabella diz que se sente preso à emissora

O ator e autor, Miguel Falabella, declarou que não pretende renovar contrato com a Globo ao final do acordo atual. Em entrevista ao portal UOL, ele disse se sentir preso, pois é impedido de negociar projetos com outros veículos. A fala aconteceu durante o Festival de Gramado, onde ele lançou seu novo filme Veneza.

– Acho que não quero renovar porque eu fico muito preso e quero liberdade. Se eles dizem não a um projeto meu, não tenho outra porta para bater – disse ele.

Falabella disse que aceitou atuar em Sai de Baixo: O Filme, para poder negociar com a Globo a filmagem de Veneza, mas se mostrou chateado com a falta de atenção da emissora aos projetos que ele tem desenvolvido.

– A verdade é que agora eles estão me olhando melhor, porque gostaram de Veneza. Antes de o filme ficar pronto, não me davam a menor confiança. Várias vezes liguei pedindo ajuda, inclusive no momento em que a Ancine (Agência Nacional do Cinema) não liberou uma parte do orçamento. Mas eles nem se mexeram. Tive que colocar do meu bolso, e depois pegar o dinheiro com a agência – completou.