O grupo de 34 brasileiros que foram repatriados da China segue em quarentena na Base Aérea de Anápolis, em Goiás. Eles recebem aulas de segurança e apoio psicológico e receberão um culto inter-religioso neste domingo (16).

A informação foi dada pelo diretor-presidente da Agencia Nacional de Vigilância Sanitária, Antônio Barra. Ele defendeu que o suporte espiritual é importante no processo de isolamento.

– Virá o nosso arcebispo militar do Brasil, Dom Fernando. Junto a ele um pastor evangélico e um monge budista – detalhou.

Para minimizar os riscos de contaminação, os preletores precisam usar todos os equipamentos de proteção individual, como máscara, luvas e capotes.

– Temos o fenômeno controlado, uma preparação impecável da Força Aérea, monitorando constantemente sob orientação dos órgãos de saúde. Hoje, a cidade de Anápolis é o local mais seguro, tem o mais elevado nível de controle. Não há razão para temor – disse Barra.